Promovendo você hoje e sempre!          
    

 
   A Bíblia e suas muitas versões!

Veja também: A história do tradutor da Bíblia Joao F. de Almeida

Diante de tantas versões da Bíblia, haverá alguma que seja realmente confiável?!...
A resposta é SIM. Saiba por quê...

UMA BOA NOTÍCIA >> Agora, qualquer um, de nós, pode vigiar as alterações na Bíblia, é muito fácil, clique no Link abaixo e veja você mesmo:
Bíblia Única (versão original)

"Porque nada podemos contra a verdade, senão pela verdade" (II Co. 13: 8). Eis a verdadeira SOLA SCRIPTURAS (para a língua portuguesa) que existe, a qual é a Revisada Fiel de João Ferreira de Almeida, esta é uma Bíblia cuja versão não é tão desastrosa, desde que NÃO continuem a modificá-la. Todas as outras versões, tantas que foram e são impressas e lidas por muitos, as quais foram elaboradas (acreditamos, com boas intenções) para tornar a Palavra de Deus mais compreensível (ao alcance do leigo) viraram, contudo, verdadeiras armadilhas! E por que?... RESPONDEMOS: Porque a Palavra de Deus nos foi dada através dos Seus profetas e apóstolos pelo próprio Espírito de Deus, e só esse mesmo Espírito de Deus poderá nos ajudar a compreendê-la em sua linguagem fiel e original. Verdade é que muitos (através do Espírito Santo) a compreendem satisfatoriamente, ou seja: naquilo que compete a cada um compreender - conforme o propósito do próprio Deus - em sua versão verdadeira (conforme citado acima) que é a mais fiel aos textos originais.

Obs: Em 1681 foi publicada a primeira versão na língua portuguesa de J. F. de Almeida, e agora, trezentos anos depois, querem adequá-la editando outras versões (?!). Revisão gramatical é uma coisa, alterar sentido de palavras, é outra bem diferente. Mas é preciso rejeitar tal intento, não podemos ceder ao liberalismo teológico, que desde 1881 insiste em influenciar as mentes genuinamente cristãs e piedosas. Mas o Senhor nos deu a Sua própria Palavra para rejeitarmos esses apelos essencialmente didáticos.

(*) ATENÇÃO!... Se os homens começarem a mudar os versículos aqui e ali, para adaptar à nossa compreensão intelectual, vão se dar mal, a coisa vai complicar, pois verdadeiramente nunca iremos compreender a Bíblia a partir do intelecto, mas sim e principalmente pelo Espírito. Uma SEVERA ADVERTÊNCIA está em Apocalipse (22: 18,19): "Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro; e, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte da árvore da vida, e da cidade santa, que estão escritas neste livro."

Portanto, excetuando a Revisada Fiel, cuidado com todas as outras demais versões que são impressas por aí; dentre todas estas as quais NÃO devemos adquirir.

Embora não tenhamos mais os originais (Autógrafos), as evidências comprovam que Deus tem preservado a Sua Palavra através dos Séculos. OBSERVE: existem mais de 5.000 manuscrito e partes de manuscritos que totalmente concordam entre si, o chamado Texto Bizantino (o qual em sua forma impressa chama-se Texto Receptus - TR - ou Texto Recebido), termo que surgiu com a impressão gráfica do Novo Testamento Grego de Elzivir em 1633. Este mesmo Texto Receptus (TR), impresso em vários idiomas, inclusive para o português, foi usado pela Igreja e pelos reformadores ao longo destes vinte séculos da Era Cristã e que atualmente continua sendo usado pelos cristão genuínos. Já o texto Crítico (TC), surgiu porque dois homens (B. F. Wescott e F. J. A. Hort) rejeitaram o (TR) e decidiram criar um novo texto Grego, baseado em aparatos críticos; sendo assim lançaram em 1881 um outro Novo Testamento o que veio a ser chamado Texto Crítico (TC). Daí em diante, a partir do Texto Crítico (TR) surgiram versões modernas do Novo Testamento que omitem vários versículos. O Texto Crítico (TR) difere do Texto Receptus (TR) em 5.337 lugares. Deste modo concluímos que tem alguma coisa errada com o Texto Crítico (TR).


Voltar << Receba Mais Bênçãos

Jesus Cristo Te Ama!

 
A Igreja espiritual do Senhor está edificada sobre a rocha, quem nela permanece está protegido e não sofrerá dano no tempo do fim.